Saudações tenebrosas...

Você ultrapassou o portal da realidade... Seja bem vindo(a) á um mundo onde os contos criam vida, mesmo quando falam de morte...

Sidney Leal

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

"Beleza Eterna"


"...Fez-se noite, e a lua estava triste semi-encoberta por nuvens escuras o desalento era completo, um vento frio cortante atravessava as ruas vazias. Uma jovem de cabelos vermelhos, incauta sem saber que olhos sombrios a acompanhavam, se despedia de uma amiga na porta de uma das casas da vizinhança. Passos apressados se dirigiam ao seu encontro, ela sem nada saber seguia inocentemente seu caminho. A Figura sinistra a seguia! Trajava um manto com um capuz negro que lhe encobria a face, mas não escondiam o brilho da morte de seus olhos... E quando a jovem atravessa uma rua escura já próxima de sua residência, foi atacada por trás violentamente, ainda resistiu e esforçou-se para gritar, mas foi em vão. A figura da maldade trazia consigo um pano umedecido por um misterioso liquido  que pressionado na face da moça depois de instantes a fez desfalecer.
Com o raiar do sol, populares que passavam por um dos becos se assustaram com uma cena aterradora. Jogada entre as latas de lixo, enrolada em um manto negro de face murcha e olhos estatelados sem brilho, se encontrava uma jovem de cabelos vermelhos morta...".
CONTINUA no livro: "Minhas Histórias de Mistério, Terror & Morte"